A maior coleção de cifras e letras na internet

Roda Viva

de Chico Buarque

  • Imprimir
  • Veja no YouTube
Está correta?
14
Versão 1
-======-

Am7                      F7M                             E4
Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu
               F/G      C7M                   F#m4/7         E7
A gente estancou de repente, ou foi o mundo então que cresceu
              A7      Dm7              G7        C
A gente quer ter voz ativa, no nosso destino mandar
                        Am7               F7M       E4/7     E7 
Mas eis que chega a roda viva e carrega o destino prá lá

      Am7                          F6           G7
Roda mundo, roda gigante, roda moinho, roda peão
         Gm4/7     F#7/5-         F6                   E4/7    E7     Am7
O tempo rodou     num       instante nas voltas do meu     coração

A gente vai contra a corrente até não poder resistir
Na volta do barco é que sente o quanto deixou de cumprir
Faz tempo que a gente cultiva a mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda viva e carrega a roseira prá lá

A roda da saia, a mulata, não quer mais rodar, não senhor
Não posso fazer serenata, a roda de samba acabou
A gente toma a iniciativa, viola na rua a cantar
Mas eis que chega a roda viva e carrega a viola prá lá

O samba, a viola, a roseira, um dia a fogueira queimou
Foi tudo ilusão passageira que a brisa primeira levou
No peito a saudade cativa, faz força pro tempo parar
Mas eis que chega a roda viva e carrega a saudade prá lá
     F/G   - 3X321X       
     C7M   - X35453       
     Bº    - X23131       
     E4/7  - 02020X       
     F6    - 1X021X       
     F#7/5- - 2X231           




Versão 2
-======-

(versão do cd "perfil")

Bm7                      G7M                             F#7(4)
Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu
              G/A      D7M                   G#m7(11)     F#7
A gente estancou de repente, ou foi o mundo então que cresceu
              B7      Em7               A7       D7M
A gente quer ter voz ativa, no nosso destino mandar
                 C#°     Bm7               G7M     F#7(4)
Mas eis que chega a roda viva e carrega o destino prá lá

      Bm7           Bm7/A       G6            A7
Roda mundo, roda gigante, roda moinho, roda peão
      Am7(11) G#7(b5) G6                F#4/7 F#7 Bm7
O tempo rodou num instante nas voltas do meu coração

A gente vai contra a corrente até não poder resistir
Na volta do barco é que sente o quanto deixou de cumprir
Faz tempo que a gente cultiva a mais linda roseira que há
Mas eis que chega a roda viva e carrega a roseira prá lá

A roda da saia, a mulata, não quer mais rodar, não senhor
Não posso fazer serenata, a roda de samba acabou
A gente toma a iniciativa, viola na rua a cantar
Mas eis que chega a roda viva e carrega a viola prá lá

O samba, a viola, a roseira, um dia a fogueira queimou
Foi tudo ilusão passageira que a brisa primeira levou
No peito a saudade cativa, faz força pro tempo parar
Mas eis que chega a roda viva e carrega a saudade prá lá

     F#7(4)   - 24242X
     G#m7(11) - 4X442X
     C#°      - X45353
     G6       - 3X243X
     Am7(11)  - 5X553X
     G#7(b5)  - 4X453X